segunda-feira, 3 de janeiro de 2011

A última Boa Ação do Ano de 2010...


*** Frajolice****

Já é sabido que 2011 chegou, mas eu queria expor aqui algo que me aconteceu no dia 31 de Dezembro de 2010, não fazem muitos dias, pra mim, foi ontem...rs

Bom, era o último dia do ano, era o último dia de trabalho do ano e eu à espera do busão de todos os dias, assim que eu e mais algumas pessoas entram, pronto!!! O Bus anda uns 100 metros e pára! Ele tinha quebrado nem sei o que...rs Era incrível, pq onibus daquela linha nunca quebram, mas como para tudo na vida existe uma primeira vez, ok, vamos nessa! Esperei outro com todos os ocupantes do onibus por outro, mas eu já sabia que pra irmos confortáveis, só um milagre do Divino para o próximo vir vazio...Não tinha como! Era fim de ano e muitas pessoas ainda estavam indo na cidade pra comprar, outros já indo pra casa de parentes e outros até indo trabalhar...eu só sei que eu fui num condomínio de sardinhas!!! Aquilo já nao era mais uma lata de sardinhas...rs Mas eu pensava comigo mesmo "Há uma razão que para que isso aconteça...ainda não sei qual, mas sei que existe..." Era isso que eu pensava, pq não era possível! Acordar cedo, pegar um onibus na hora e depois parar quase de frente de casa pra depois ir num apertado... Não! E o pior de se andar em busão cheio, é que tem gente que é mais baixinha do que a gente, aí, nao se segura direito, e o motorista deve pensar "vou botar pra quebrar nesses baixinhos!!" É uma visão infernal... E o calor de nosso verão ajuda ainda mais a se fazer rezas, orações e seja lá o que for pra se chegar no destino final...

E parece que voce entra no paraíso...Sái do aperto, tá calor, mas não tem nenhum baixinho pisando o teu pé ou caindo por cima de voce!!!

Daí depois dessa angústia, desço na parada de sempre e sigo andando a caminho do trabalho, mas aí eu tenho uma surpresa...Desce um garoto de um outro onibus, em outra parada e o motorista bosina pra mim, pra que eu possa atravessar o menino...Eu concordo e penso: "Quanto tempo fazia que eu não atravessava ninguém na rua?" Da última vez que eu me lembro, foi uma senhora, mas a rua era curtinha, nada comparada à Av. Conde da Boa Vista, que é um fluxo de onibus e carros muito grande...

Bom, segurei no braço do menino e fomos caminhando pra a faixa de pedestres, pq se nao for assim, os onibus nao respeitam... enquanto não chegávamos lá o menino me disse que pediu pra ser atravessado por uma senhora e ela lhe deu 25 centavos...ele riu!!! rs Será que ela estava bem apressada pra ouvir o simples pedido dele? Acho que estava sim!

Perguntei pra onde ele estava indo, me disse que ia numa farmácia, a Farmácia do Servidor, eu pensei: "E eu sei onde é que fica?" ele tentou explicar e eu mais perdida do que ele, disse que nao tinha idéia de onde ficava...rs mas ele disse que sabia chegar.

Aquele menino tinha um aspecto e uma cara de um rapazinho de 13 anos...Daí, atravessei ele e perguntei se ele sabia onde estava, ele afirmou com toda certeza, dizendo que sabia...Eu fiquei na minha, e ele seguiu o caminho dele... Mas eu fiquei preocupada com ele, pq nao tinha ninguém na rua, só os carros passando, como é que ele ia pedir informação pra chegar lá? Daí antes de atravessar, eu fiquei olhando ele caminhar, mas aí ele perguntou a um rapaz que estava entregando mercadoria numa empresa de eventos, e lá se vinha o menino voltando! Eita!!! Agora eu fiquei 100% preocupada!!!

Voltei e perguntei a ele se era a direção certa mesmo e fui acompanhando ele, perguntando onde era, se ele tinha mais um ponto de referencia e tal, passou uma senhora e eu perguntei, ela disse direitinho onde era, eu perguntei se eu poderia levar ele até lá só pra ter a certeza e também saber onde ficava essa tal farmácia que eu nem nunca tinha ouvido falar...rs Ele disse que sim, mas que já sabia onde estava, eu preocupada, fui acompanhando ele e dizendo onde tinham as descidas, as pedras, os buracos e tudo que atrapalhasse a vida dele pra ele não tropeçar...Mas a curiosidade era grande...Perguntei se ele já tinha nascido cego, ele disse que não, que foi aos 11 anos que ele perdeu a visão... Eu achando que ele tinha 13, perguntei a idade dele, ele me disse que tinha 18!! Eu fiquei abismada e disse a ele que era mentira dele! Que eu não estava acreditando! Era um garotinho! Perguntei pq ele andava sozinho assim, ele me disse que a mãe dele trabalha...Perguntei quem ensinou a ele a andar sozinho a saber das coisas e o principal!!! Quem ensinou a ele a conhecer as moedas!!! rs Ele me disse que foi um amigo que é cego também...E que de moedas ele conhece bem! rs

Fomos andando embaixo daquele sol escaldante e até que enfim, chegamos na Farmácia, dalí ele foi sozinho, entrou na farmácia e deve ter sido atendido, como era de se esperar, visto que, ele sempre vai por lá...Expliquei a ele qual a melhor referencia que ele poderia dar as outras pessoas que fossem ajudá-lo da próxima vez, dalí vim caminhando por aquela rua e tão deserta que estava me fez pensar em tantas coisas, num simples ato que fiz, parecia que alí pra mim, já era o Reveillon, pra mim, já tinha sido o presente de Natal, pra mim, aquilo foi um sinal...

Eu sei que eu ainda preciso melhorar em muitos aspectos de minha vida, sei que eu preciso fazer mais pelos outros, mas aquela pequena boa ação, me serviu muito! Acho que fui mais ajudada do que aquele menino...Eu nem sei o nome dele, ele nem sabe o meu, nem me conhece, nem sabe como sou, nem de onde eu venho...E eu? Sei muito menos sobre ele...Mas não olhei a sua cor, nem quis saber desses certos detalhes, pra mim, não me interessava, eu só queria que ele chegasse no seu destino, que ele ficasse seguro...Acho que a volta pra casa dele deve ter sido tranquila...Sei que a probabilidade de eu ve-lo de novo será quase uma em um milhão, mas aquilo mexeu muito mesmo comigo...De modos que, eu vim pensando o caminho todo nisso...Pra ele, deve ter sido uma ajuda a mais, mas pra mim, foi uma dádiva de Deus poder fazer a última boa ação do ano e mais do que isso, aprender tanto com aqueles poucos minutos...

Percebi ainda mais, como a minha vida não tem tanta importancia assim quando não posso ajudar quem precisa de mim, percebi que nem títulos, nem os meus desejos e sonhos são mais importantes do que uma vida, eu sempre soube que não eram, mas nem pensei em nada que eu tenho, nem o que eu sou, eu nem pensei em mim! Eu só queria que ele chegasse ao seu destino...

Fiquei dando umas viagens na minha mente, fiquei pensando umas coisas e naquele momento eu estava tendo a resposta pra o pensamento que eu tive quando estava dentro daquele onibus lotado de gente...Era esse o motivo! Era de eu chegar na hora certa, na hora em que ele foi descendo do onibus dele...Se nao fosse eu, certamente seria outra pessoa, mas Deus me escolheu pra fazer isso e através daqueles instantes falar de uma maneira particular ao meu coração...

2010 me deixava um presente... E me fazia lembrar do que eu ainda posso fazer...

Eu só tenho a agradecer a Deus por aquele momento, sei que pra muitos pode ser uma bobagem, pode ser algo comum e sem importancia, mas eu acredito que pra TUDO existe um porque, uma explicação, por isso, que até o dia de hoje, ainda não sái de minha cabeça a minha Última boa ação do ano de 2010...

Quem um dia tiver a oportunidade de pelo menos atravessar alguém na rua, faça-o! Doe uns minutinhos de sua vida àquela pessoa e com certeza, voce vai ganhar muito com isso!

Um forte abraço a todos e um ótimo começo de Ano Novo!!!

*****************************************

By: Cláudia Cifuentes.
Angell_C

4 comentários:

diana disse...

Que gracinha , adorei seu texto , lembra das ''asas'', esse pode ser um dos SENTIDOS da vida rsr..
Espero que entenda dessa vez hehehe.. estou enchendo o saco tá.
Sei que tem um bom coração <>
Beijosss
Lucelia

Angell_C disse...

rs
Pois é amiga, eu lembro sim das "asas" e como vc pode perceber, NÃO precisei de ninguém pra voar nesse SENTIDO...hahahahahahahaha

Eu te falei, esse nosso assunto ainda vai perdurar no ano de 2011...
Bom coração? Eu?!? Tá meio difícil nos dias de hoje...Mas a gente tenta fazer o que pode né?? rs

Obg pela postagem!!!

Bjão!

diana disse...

Tudo bem vc é muito teimosa ,cabeça dura viu ,:P
Tem coração bom sim ,suas atitudes contradizem o q vc tc rs..essas mulheres equivocas viu brincadeirinha..
Bons Sonhos !!!
Beijosss
Lucelia

Angell_C disse...

Pois é amiga, como se diz por aqui, eu sou TINHOSA!!! kkk

Mas o que eu fiz, acho q nao tem muito a ver com bom coracao nao, pra mim o sentimento foi de obrigacao mesmo...

Um dia vc vai ver q o q eu digo ou tc eh bem verdade...ui!!!

Obg por postar de novo!!!

Se cuida, um bjao!